A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Cultura / Studio Dançarte realiza espetáculo de fim de ano com abertura da Fohat Cia. de Dança

Studio Dançarte realiza espetáculo de fim de ano com abertura da Fohat Cia. de Dança

Espetáculo As Joias da Carlota (crédito - divulgação)

Coreografias serão apresentadas neste final de semana e reúnem 450 bailarinos da escola e da companhia

A Fohat Cia. de Dança fará a abertura do espetáculo de final de ano do Studio Dançarte, intitulado “As Joias da Carlota”. A apresentação será realizada neste sábado e domingo (1º e 02), às 20 horas, no Teatro Rio Vermelho, no Centro de Convenções Goiânia, que fica na Rua 4, número 1400, no Setor Central, em Goiânia. A classificação indicativa é livre.
Ao todo, 11 bailarinos da Fohat Cia. de Dança apresentarão a coreografia “Piratas”, que foi desenvolvida tanto para o espetáculo do Studio Dançarte quanto para um projeto cultural da Coca-Cola que engloba filmes famosos, entre eles a série de filmes “Piratas do Caribe”. Na performance deste final de semana, a coreografia da companhia dará início ao enredo que trata do roubo das joias de Carlota Joaquina por piratas, durante sua viagem para o Brasil, ao lado do então príncipe regente de Portugal, D. João VI.
A narrativa se utiliza de fatos reais, ao abordar a decisão de D. João VI de transferir a corte portuguesa para a sua colônia de maior importância, o Brasil, em 1808, quando Portugal estava prestes a ser invadido por tropas francesas. A partir daí, o enredo do espetáculo toma um rumo diferente daquele que ocorreu na realidade. O público verá o que poderia ter acontecido se uma frota de piratas atacasse a embarcação da Família Real, fazendo com que eles não chegassem ao Rio de Janeiro, mas sim à região amazônica.
A direção geral do espetáculo é assinada pelas irmãs Ariadna e Gisela Vaz, proprietárias do Studio Dançarte. Já a concepção ficou por conta de Ariadna Vaz, enquanto os textos foram produzidos por Alexandre Camargo. “As Joias da Carlota” conta com 27 coreografias de ballet e jazz, apresentadas por cerca de 450 bailarinos, incluindo alunos da escola de dança e da Fohat Cia. de Dança.
O espetáculo, que começou a ser desenvolvido no início deste ano, tem duração de aproximadamente uma hora e meia. Os ingressos para qualquer uma das sessões têm o valor único de R$ 30 cada. O público pode adquirir os ingressos nas duas unidades do Studio Dançarte, que ficam no Edifício Brookfield Tower, localizado na Avenida Deputado Jamel Cecílio nº 2929, esquina com a Rua 56, no Jardim Goiás, e na Avenida T-3 nº 2287, no Setor Bueno, ambas em Goiânia.

Sobre a Fohat
A Fohat Cia. de Dança é uma atualização da Dançarte Cia. de Dança, grupo criado em 1986 para absorver os bailarinos de nível profissional que frequentavam o Studio Dançarte, que é o centro de dança dirigido pelas irmãs Ariadna e Gisela, juntamente com sua mãe Eleusa Vaz. A mudança surgiu da necessidade de desvincular a companhia da escola e profissionalizá-la, logo após “Amores”, espetáculo com trilha sonora inédita de Oswaldo Montenegro que, em virtude do sucesso de sua turnê nacional, passou a ser considerada a culminância técnica e profissional da Dançarte. Na concepção esotérica, Fohat é a energia primordial do Sol, que transmite à Terra calor, força, movimento e magnetismo.

Serviço
Espetáculo “As Joias da Carlota”
Data: 01 e 02 de dezembro (sábado e domingo)
Horário: 20h
Local: Teatro Rio Vermelho – Centro de Convenções Goiânia (Rua 4 nº 1400, Setor Central – Goiânia)
Ingressos: R$ 30 (valor único)
Pontos de venda: Unidades do Studio Dançarte (Edifício Brookfield Tower, na Av. Deputado Jamel Cecílio nº 2929, esquina com a Rua 56, Jardim Goiás, e Av. T-3 nº 2287, Setor Bueno – Goiânia)
Mais informações: (62) 3251-9190 / 3215-5529
Classificação indicativa: livre

Além disso, verifique

Cora Coralina é homenageada pela ciência e ganha nome de um sapinho

Por Maria Rodrigues (Terra) Cora Coralina (1889-1981) voltou ao noticiário esta semana quando os pesquisadores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *