A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Regiões / Site Emtempo Tocantins / Morte de Guedinho comove uma legião de amigos no Tocantins e Goiás

Morte de Guedinho comove uma legião de amigos no Tocantins e Goiás

 

Faleceu na madrugada deste sábado, 29, em Goiânia, o ex-diretor da Celtins, Joaquim Guedes Coelho Filho (foto). Vítima de uma pancreatite aguda ele estava internado há dias no Hospital do Coração. Apesar de passar por todos os procedimentos médicos necessários, Guedinho, como era carinhosamente chamado, não resistiu à doença.

Guedes era muito querido, em Palmas. Por onde passou deixou uma legião de amigos. Funcionários mais antigos da Energisa, que tiveram a oportunidade de tê-lo como colega de trabalho, lamentaram a sua morte.

Um deles é o engenheiro José Honorato. “Uma pessoa que marcou de forma positiva a sua história no Tocantins. Seu trabalho começou muito antes da divisão do Estado. Uma perda irreparável. Será lembrado sempre com muito carinho pelos amigos”.

Honorato ressaltou que teve a felicidade de trabalhar com ele na Celtins, hoje Energisa. “Assim que assumiu o comando da empresa ele me contratou. Perdi mais que um amigo, um irmão”, lamentou.

Outra pessoa que, ao saber da sua morte, entrou em estado de choque foi o ex-proprietário do Cabritos Bar, um dos pioneiros de Palmas, Divino Cabrito . “Não acredito”. Cabrito disse que a amizade com Guedinho vem de longa data, desde o começo de Palmas. “Era um frequentador assíduo do meu bar”.

Cabrito lembrou que no ano passado, Guedinho esteve em sua casa em Mossâmedes (GO), para uma visita (foto). “Foi uma surpresa muito agradável. Passamos horas falando de Palmas, trocando uns dedos de prosa, curtindo as músicas que ele gostava de ouvir lá no bar. Jamais poderia imaginar que aquele seria nosso último encontro”,

Em nota, o senador Eduardo Gomes (MDB) afirmou que Guedinho prestou “grandes serviços ao Tocantins”. “Foi um pioneiro, ajudando na estruturação do Estado e da Rede Celtins, da qual foi diretor e presidente”, lembrou o senador.

“Na certeza que Guedinho já está nos braços de Deus, manifesto aos familiares e amigos meus sentimentos de profundo pesar e desejando que as palavras de Deus possam confortar vossos corações neste momento de imensa dor”, lamentou Eduardo Gomes.

Nas redes sociais, os amigos também manifestaram o sentimento pela perda inesperada de Guedinho. Uma delas, Cidinha Coutinho, da Cidade de Goiás, sua terra natal.  “Surpresa com a morte prematura do Guedes. Era filho de Joaquim Guedes de Amorim Coelho-Guedinho. Eu o conheci desde sua infância. Nossos avós Hermógenes Ferreira Coelho e João José Coutinho eram como irmãos. Meus sentimentos à sua mãe Mirna Roriz Coelho, a sua irmã Moema Roriz Coelho, ao seu filho, meu amigo Jornalista Doutor Jairo Faria e demais familiares”

Cidinha na foto, em 2018, com Terezinha Ferreira da Silva Coelho, Marcia Coutinho Rodrigues, seu filho Leandro Coutinho, Jales Guedes Coelho de Mendonça, Joaquim Guedes de Amorim Coelho Filho e Aguinaldo Caiado de Castro de Aquino Coelho.

Joaquim Guedes era irmão do ex-secretário estadual da Fazenda do Tocantins, Dorival Roriz, já falecido, e do ex-presidente e atual vice-presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) José Ricardo Roriz Coelho. O corpo de Guedinho foi cremado às 15 horas deste sábado em Goiânia.

No Tocantins, Guedinho foi também secretário estadual de Energias Limpas do Estado, no último governo de Siqueira Campos (2011-2014).

Por Anésio Júnior

 

Além disso, verifique

Em fase final de colheita, produção de sorgo deve aumentar 48% no Tocantins

Sorgo é essencial na alimentação bovina e pequenos animais – Foto: Juliano Ribeiro/Governo do Tocantins …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *