A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Regiões / Goiás / Com time desfalcado, Goiás perde para Athético em Curitiba

Com time desfalcado, Goiás perde para Athético em Curitiba

Vitinho comemora com Abner, e Athletico vence em casa (Foto: Athletico)

Comandado por Vitinho, o Athletico venceu o Goiás por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, pela segunda rodada do Brasileirão. Vitinho (com assistência de Lucas Halter) e Carlos Eduardo (com assistência de Vitinho) balançaram as redes. Daniel Bessa marcou o gol esmeraldino em cobrança de pênalti no final do primeiro tempo. Com o resultado, o Furacão – que já tinha vencido o Fortaleza na estreia – manteve os 100% e chegou a seis pontos. O Goiás, que estreou nesta quarta, fica zerado na parte de baixo da tabela.

Vitinho comandou o Athletico contra o Goiás e garantiu a vitória por 2 a 1. Ele marcou um gol e, depois, deu assistência para Carlos Eduardo fazer o segundo. O resto do ataque, porém, decepcionou. Léo Cittadini, Marquinhos Gabriel, Nikão e Vinícius Mingotti criaram pouco e tiveram atuações discretas – confira as notas e deixe sua opinião.

Goiás desfalcado pela Covid-19

Ney Franco teve trabalho para montar a equipe. Ao todo, 12 jogadores estão com Covid-19. A lista tem Tadeu, Jefferson, Ratinho, David Duarte, Sandro, Rafael Moura, Keko, Lucão do Break e mais quatro jogadores, cujas identidades são mantidos em segredo. Mesmo com tantos desfalques, o Goiás até jogou bem, mas não segurou o Furacão.

Primeiro tempo

Com praticamente força máxima, o Athletico controlou o primeiro tempo do início ao fim. O time de Dorival Junior terminou com 81% de posse de bola e 11 a 5 em finalizações. Aberto na ponta esquerda, Vitinho era a principal  arma. Em um desses lances, o camisa 28 recebeu de Lucas Halter, levou para o meio e bateu colocado – 1 a 0.

Na sequência, Vitinho ainda acertou a trave após cabeceio. Antes, o Athletico perdeu o volante Fernando Canesin após uma cotovelada de Daniel Bessa – Canesin saiu de ambulância, e o camisa 10 do Goiás levou só amarelo.

Com oito minutos de acréscimo, a equipe visitante cresceu no final e encontrou o gol aos 52. O árbitro viu a bola tocar na mão de Thiago Heleno na área. O próprio Daniel Bessa cobrou com categoria e empatou – 1 a 1.

Segundo tempo

O segundo tempo virou um jogo de ataque contra defesa. O Athletico trocava passes e rondava a área, mas sofria para encontrar espaços. Vinícius Mingotti até buscava o jogo, mas, diferente da estreia, não conseguia levar perigo.

Com isso, Dorival apostou na entrada de Carlos Eduardo. E o camisa 96 mostrou estrela. Após lançamento de Nikão, Vitinho evitou a saída da bola e encobriu o goleiro Marcelo Rangel. Carlos Eduardo só completou para o gol vazio. Lei do ex e 2 a 1 no placar.

Mesmo depois do gol, o Furacão manteve a postura ofensiva. Com isso, evitou que o Goiás ameaçasse. Com tantos desfalques, o time visitante sofreu pela falta de entrosamento e não conseguiu reagir. O Furacão segue com 100%, e o Goiás estreia com derrota.

Além disso, verifique

Polícia cumpre mandados em operação contra venda ilegal de madeira doada pelo Ibama à Prefeitura de Rubiataba

Operação investiga venda ilegal de madeira doada à Prefeitura de Rubiataba — Foto: Polícia Civil/Divulgação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *