A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Regiões / Goiás / Com restrições, Iris Rezende libera bares, academias e eventos esportivos

Com restrições, Iris Rezende libera bares, academias e eventos esportivos

Prefeito Íris Rezende e o governador Ronaldo Caiado discutiram juntos as melhores estratégias para a reabertura do comércio

O prefeito Iris Rezende assinou nesta segunda-feira novo decreto com normas e protocolos para a reabertura e funcionamento do comércio a partir desta terça-feira (14/7), em comum acordo com o governador Ronaldo Caiado.

A solenidade realizada no Paço Municipal contou com a presença do governador Ronaldo Caiado, vereadores e secretários. Empresários puderam acompanhar a solenidade em salão anexo, por telão.

O decreto foi proposto pelo prefeito Iris ao governador Caiado e as equipes de ambos os governos acertaram os detalhes em mais uma etapa de parceria que vem sendo estabelecida pela prefeitura da capital e o governo estadual no combate à pandemia do novo coronavírus.

Com humildade, o prefeito Iris Rezende reconheceu a autoridade do governador Ronaldo Caiado, que, segundo ele, foi o primeiro a declarar a gravidade do coronavírus. “Foi inspirado”, disse o prefeito sobre o governador.

De acordo com Iris, o momento é complexo, o decreto municipal é muito detalhado e rigoroso e ele não terá dificuldade em promover alterações, seja por falhas que porventura surgirem ou por mudanças nas condições vigentes. “Nosso intuito principal é preservar a vida e a saúde da população,” disse o prefeito. “Não é simplesmente abrir o comércio, é abrir o comércio, garantir o emprego das famílias, sem aumentar os males à saúde de todos”.

O governador lembrou que o sucesso dos decretos até agora é reflexo da parceria do Governo e Prefeitura. “Se não tivéssemos o apoio de vossa excelência, não teríamos colhido os resultados positivos de agora, prefeito”, falou.

A secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, explicou que neste momento o isolamento social está saturado e é preciso buscar alternativas. “Trabalhamos para sustentar essas aberturas de forma segura, tranquila, com proteção da vida e da economia ao mesmo tempo”, disse Mrué.

O presidente da Câmara, Romario Policarpo, declarou que se precisar de fechar novamente o município contará com o apoio do legislativo.

Entre as novidades está a reabertura de novas atividades econômicas, como bares e restaurantes. Todos terão que seguir normas rígidas de funcionamento, com os protocolos gerais já estabelecidos e alguns específicos.

Normas gerais

Atenção ao controle da entrada de clientes por loja/estabelecimento, manter no máximo um cliente para cada 12 m² de área de venda, controle da entrada e saída de pessoas no interior, por meio de barreira física, senha ou outro método eficaz.

Vedação do acesso de pessoas que não estejam utilizando máscaras de proteção facial cobrindo nariz e boca.

Sinalização dos sentidos de circulação e marcações no chão de 2,0 em 2,0 metros entre pessoas nas áreas comuns. Quando possível, implantar corredores de uma via só, para coordenar o fluxo nos estabelecimentos.

Abertura e o fechamento para atendimento presencial em horários reduzidos, conforme estabelecido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia, redução das áreas de estacionamento com sinalização para vagas intercaladas.

Deverão ser obedecidos os protocolos gerais e específicos estabelecidos pela legislação estadual e municipal, sob pena de aplicação de sanções cabíveis, em especial a aplicação de multa no valor de R$ 4,7 mil para quem descumprir os protocolos exigidos. O uso da máscara continua sendo obrigatório para quem sair de casa.

Continuam proibidos na capital os grandes eventos públicos e privados de quaisquer natureza, atividades de clubes recreativos e parques aquáticos, aulas presenciais de instituições de ensino público e privadas, cinemas, teatros, casas de espetáculo, boates, salões de festa e jogos.

As feiras especiais, incluindo a Feira Hippie, Feira da Lua, além do Mercado Popular da Rua 4, no centro, e o Mercado Aberto, da Avenida Paranaíba, poderão voltar a funcionar no dia 21 de julho.

Mesmo com o decreto permitindo a reabertura, alguns bares vão continuar com as portas fechadas

Bares tradicionais não vão abrir

Mesmo após a publicação do decreto estadual que libera quase todas atividades econômicas a partir da próxima terça-feira (14), alguns bares – categoria que foi contemplada pela flexibilização das regras – decidiram não reabrir as portas. Muitos utilizaram as redes sociais para avisar aos clientes que, por ora, permanecem fechados.

Bar da Tia, que fica na Praça Universitária e é ponto de encontro de estudantes, informa que pretende retornar as atividades apenas em agosto. “Mesmo com essa liberação de reabrirmos a partir de amanhã, nós do Bar da Tia resolvemos ainda por segurança e responsabilidade ao próximo, esperar mais alguns dias, reabrindo apenas em agosto (se Deus nos permitir)”.

A nota deseja bom trabalho aos estabelecimentos que retornarão as atividades. “Em breve, nós também estaremos prontos para atender nossos primos e primas com toda alegria que sempre nos foi marca registrada.

Matuto Bar, que também fica no Setor Leste Universitário, destacou em publicação que tem “insegurança pelo momento que Goiânia passa pela pandemia” e justificou a não reabertura inviável por não ter “nenhuma garantia e apoio do governo”.

“Temos total consciência que nós, como empresa, estamos passando por um momento financeiro terrível. Mas após muito pensarmos decidimos esperar um pouco mais para nossa reabertura. Não queremos colocar ninguém em risco . Até porque mesmo abrindo sabemos que não temos nenhuma garantia e apoio do governo. Toda a responsabilidade é nossa”, pontua.

Além disso, a nota também deseja sorte aos demais estabelecimentos que seguirão o decreto municipal e estadual, mas destaca que, em respeito aos clientes e funcionários, continuarão funcionando por delivery.

Temos um respeito muito grande com nossa equipe e clientes. E mesmo estando em uma situação crítica vamos aguardar um pouco mais. Entendemos e respeitamos nossos amigos de bares que irão abrir, temos certeza do desespero de cada um. Sabemos que existem muitos que estão passando inúmeras dificuldades como nós tb. E desejamos toda sorte do mundo. Porém, nós do Matuto vamos aguardar mais um pouco. Em breve estaremos juntos e contamos como o apoio de cada um dos nosso clientes e colaboradores tão queridos”, retifica a publicação.

Fonte: Secom com Mais Goias

Além disso, verifique

Polícia cumpre mandados em operação contra venda ilegal de madeira doada pelo Ibama à Prefeitura de Rubiataba

Operação investiga venda ilegal de madeira doada à Prefeitura de Rubiataba — Foto: Polícia Civil/Divulgação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *