A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Agronegócios / Governo auxilia na implantação de agroindústria de pequi em Palmas

Governo auxilia na implantação de agroindústria de pequi em Palmas

Secretaria Estadual da Agricultura incentiva produtores no processamento do pequi 

Um novo empreendimento agroindustrial para processamento do pequi in natura e seus subprodutos, assim como demais frutos do Cerrado, está em fase de elaboração da planta industrial para ser implantado na zona rural de Palmas.

O projeto de cunho social pretende dar oportunidade, principalmente, às pessoas da melhor idade na manipulação dos produtos. O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), auxilia na elaboração da infraestrutura do projeto, na documentação para licenciamento ambiental e na formulação dos produtos (pequi e frutas).

De acordo com a engenheira de Alimentos da Seagro, Verônica França, esse é mais um empreendimento que visa explorar o grande potencial do Cerrado tocantinense.

“Este projeto está ligado ao Programa Estadual Cerrado+Produtivo, cujo objetivo é incorporar medidas, não só no plano ambiental da preservação, mas também de valorização cultural e gastronômica dos frutos do Cerrado”, frisa a engenheira.

De acordo com o idealista da agroindústria, João Batista de Sousa, a princípio, o empreendimento pretende trabalhar no processamento do pequi, embalado in natura, em conserva, cremes, doces, entre outros.

“Para iniciar, já tenho na minha propriedade 5 mil pés de pequi, alguns nascidos naturalmente e outros eu plantei, posteriormente pretendo processar as frutas tipo refugos [manga, caju e abacaxi]”, pontua.

Em relação à mão de obra no processamento dos frutos, inclusive do pequi, o empresário explica que dará oportunidade às pessoas da melhor idade.

“São pessoas que chegam a certa idade e não conseguem mais vaga no mercado de trabalho. E, na agroindústria, acredito que a pessoa idosa adquire um sentimento de utilidade, essencial para acabar com ideias de exclusão e de que não pode mais contribuir com a sociedade. Assim, ao sentir valorizada, a pessoa passa a ser mais ativa e participativa, reforçando os relacionamentos sociais com os colegas do trabalho e até com a família”, ressalta.

A intenção do empresário é iniciar a construção da agroindústria nesta semana. Além disso, a previsão é que até final de outubro o novo empreendimento esteja construído.

Para o secretário da Seagro e presidente do Ruraltins, Thiago Dourado, o Governo do Tocantins busca construir ações para que outros empreendimentos possam surgir e promover, assim, novas oportunidades de trabalho.

“Criar empregos, aumentar a renda, fortalecer o setor agroindustrial e viabilizar caminhos para fomentar o agronegócio no Estado têm sido uma busca constante. Envolver projetos que se preocupam com a rentabilidade de pessoas da melhor idade também nos mostra que o cenário de benefícios com sustentabilidade e valorização é possível”, ressalta o gestor.

Por Elmiro de Deus

Além disso, verifique

Palmas: Erivelton diz que falta vontade da prefeita para reduzir taxa de esgoto

O vereador Erivelton Santos  (PV) desafiou a prefeita Cínthia Ribeiro (PSDB) a enviar à Câmara …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *