A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Regiões / Brasil / Alvo de operação da PF, Helena Witzel é internada com pico de pressão

Alvo de operação da PF, Helena Witzel é internada com pico de pressão

Governador Wilson Witzel levou a mulher, Helena Witzel, para o Hospital dos Bombeiros (Foto: Gabriela Moreira / TV Globo)

RIO – Mulher do governador Wilson Witzel, Helena Witzel foi internada de emergência no Hospital dos Bombeiros Aristarcho Pessoa, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio, na manhã desta quinta-feira (28).

Alvo da Operação Placebo, da Polícia Federal, há dois dias, quando teve celulares e documentos apreendidos, a primeira-dama teria tido um pico de pressão.

Após o atendimento, Helena ficou em observação até às 12h26, quando deixou o local em um carro oficial. Ela chegou à unidade de saúde acompanhada de Witzel.

Assim como o governador Wilson Witzel, Helena é aguardada para depor à Polícia Federal por suspeita de desvio de recursos públicos envolvendo o empresário Mário Peixoto, fornecedor do estado preso no dia 14 acusado de fraudes na Secretaria Estadual de Saúde durante a gestão do ex-secretário Edmar Santos, afastado do governo ontem por decisão da Justiça.

Em nota, o governo do Estado informou que a primeira-dama foi internada após um mal estar. “O governador Wilson Witzel acompanhou a esposa, que foi examinada e passa bem. Ela será reavaliada para ser liberada em seguida. O governador já voltou ao Palácio Laranjeiras”, diz o comunicado.

Ligações suspeitas

Helena Witzel é um dos alvos da Polícia Federal devido aos pagamentos que recebia da empresa DPAD Serviços de Diagnósticos LTDA, que tem como sócios Alessandro de Araújo Duarte e Juan Elias Neves de Paula.

Alessandro, que também aparece como um dos donos da Rio de Janeiro Serviços e Comércio LTDA, seria operador financeiro do empresário Mário Peixoto, segundo o Ministério Público Federal.

Os dois foram presos no último dia 14 na Operação Favorito. Segundo as investigações, a empresa repassava ao escritório de advocacia da primeira-dama do Estado do Rio pagamentos mensais de R$ 15 mil.

O Globo

Além disso, verifique

Com sistema atual, qualquer governo tem de se aliar ao Centrão, diz Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira (6) que o sistema político brasileiro, com muitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *