A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Regiões / Goiás / Goiânia: sem conseguir atendimento, mulher suplica: “não quero morrer”

Goiânia: sem conseguir atendimento, mulher suplica: “não quero morrer”

Hospital do Servidor Público recebe pacientes com Covid-19, mas os médicos acham que o caso Núbia Urzeda não é de internação

“Preciso ser internada porque não quero morrer”. Com essas palavras e aos prantos, a dona de casa Núbia Janaína Urzeda expõe o medo que as consequências do coronavírus podem trazer sem o devido atendimento médico.

Ela diz que passou por três unidades de saúde, não chegou a ficar internada em nenhuma delas, e os sintomas da doença persistem e aumentam diariamente, há mais de 10 dias.

Os primeiros sinais de que o corpo estava contaminado pelo novo vírus surgiram em 29 de maio. Núbia diz ter procurado o Cais Novo Mundo, em Goiânia, onde foi medicada e liberada.

Já no dia 31, ela pediu ajuda e foi levada para o Cais Campinas com início de pneumonia, conforme revelou um raio-x realizado na unidade de saúde.

Já em 4 de junho, ela foi diagnosticada com o coronavírus e encaminhada para o Hospital de Campanha de Goiânia, unidade exclusiva para atendimento de pacientes infectados. Lá no hospital, ela diz que recebeu atendimento, mas foi liberada para ficar em isolamento domiciliar.

“A cada dia é um sintoma. Tenho diarreia em um dia e vômitos no outro. Hoje [8] perdi o paladar. Fome eu já não tinha mais, hoje acabou de vez”, desabafa em vídeo enviado à TV Anhanguera.

A TV também procurou a Secretaria de Saúde de Goiânia, que respondeu que a internação de um paciente depende da avaliação médica. A secretaria orienta a paciente a procurar uma unidade de saúde de urgência.

Nota do Hospital de Campanha de Goiânia

O Hospital de Campanha para Enfrentamento ao Coronavírus de Goiânia (HCamp) informa que Núbia Janaína Urzeda recebeu toda a assistência médica necessária na unidade de saúde no dia 4 de junho. A paciente foi avaliada, não apresentava um quadro febril e respirava confortavelmente. Diante deste quadro clínico, não houve a necessidade de internação. Por isso, Núbia Urzeda teve alta médica hospitalar e foi devidamente orientada pela equipe do HCamp de acordo com todos os protocolos do Ministério da Saúde.

Goiás: casos chegam a 6.302

Goiás chegou a 6.302 casos confirmados de pessoas com coronavírus, nesta segunda-feira (8), sendo 173 mortos, conforme o registrado às 20h pelo consórcio de veículos de imprensa formado pelo G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL.

Os dados foram atualizados após o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, às 15h, no qual constavam 6.149 registros da doença no estado.

A quantidade de mortos segue estável desde domingo (7). No estado, há 29.599 casos suspeitos em investigação. Dos 246 municípios em Goiás, 155 têm moradores com coronavírus e 75 possuem casos suspeitos. Apenas 16 cidades não têm caso confirmado ou em investigação de Covid-19.

A Secretaria de Saúde divulga esse boletim uma vez por dia, mas os números podem ser atualizados posteriormente. Os dados podem ser acessados em tempo real no Painel da Covid-19 do governo de Goiás.

Pacientes internados

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a Covid-19, sob gestão do governo, é dividida entre adulto e pediátrico. Até as 17h desta segunda-feira, esse era o índice de unidades com pacientes:

  • Adulto: 115 leitos com 75 ocupados (65%)
  • Pediátrico: 13 leitos com 5 ocupados (38%)

    Cidades com mortes por coronavírus:

    • Águas Lindas de Goiás (6)
    • Anápolis (2)
    • Aparecida de Goiânia (15)
    • Araguapaz (1)
    • Barro Alto (1)
    • Bela Vista de Goiás (1)
    • Cabeceiras (1)
    • Caldas Novas (2)
    • Campos Belos (1)
    • Catalão (1)
    • Cidade Ocidental (1)
    • Corumbaíba (1)
    • Cristalina (1)
    • Edeia (1)
    • Formosa (2)
    • Goiandira (1)
    • Goianésia (3)
    • Goiânia (75)
    • Goiatuba (2)
    • Hidrolândia (1)
    • Iporá (2)
    • Itaberaí (1)
    • Itumbiara (1)
    • Jataí (1)
    • Joviânia (1)
    • Luziânia (4)
    • Mara Rosa (1)
    • Morrinhos (2)
    • Nerópolis (1)
    • Novo Gama (7)
    • Palmeiras de Goiás (1)
    • Palminópolis (1)
    • Paraúna (2)
    • Piracanjuba (1)
    • Pires do Rio (1)
    • Planaltina (7)
    • Porangatu (1)
    • Professor Jamil (2)
    • Rio Verde (2)
    • Rubiataba (1)
    • Santa Rosa de Goiás (1)
    • Santo Antônio de Goiás (1)
    • Santo Antônio do Descoberto (3)
    • São João d´Aliança (1)
    • Senador Canedo (2)
    • Trindade (2)
    • Valparaíso de Goiás (4)
    • Fonte: G1 Goiás

Além disso, verifique

Polícia cumpre mandados em operação contra venda ilegal de madeira doada pelo Ibama à Prefeitura de Rubiataba

Operação investiga venda ilegal de madeira doada à Prefeitura de Rubiataba — Foto: Polícia Civil/Divulgação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *