A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Home / Colunas / Coluna - Anésio Júnior / A mentira tem perna curta

A mentira tem perna curta

download (2)

Por Anésio Júnior

Não houve retaliação ao trabalho da imprensa na posse de Jair Bolsonaro, conforme denunciaram setores da mídia, com direito à nota de repúdio da Fenaj e da OAB. A polêmica surgiu depois que a jornalista Mônica Bérgamo (foto), da Folha de São Paulo, publicou em seu twitter que “vivia um dia de cão”.
Ela aproveitou a oportunidade para denunciar que os jornalistas estavam sendo mantidos em cárcere privado, sem água e comida. UMA MENTIRA.
Segundo relato de vários jornalistas, é verdade que não havia um banquete, mesmo porque pelo número de profissionais era impossível. Mas nao faltou o básico: lanche e café.
O que ocorreu de fato é que a digníssima jornalista, acostumada a ser tratada com alguns privilégios no Palácio, teve que se adequar às regras para a cobertura do evento, definidas pela Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto.
Mais de dois mil profissionais foram credenciados para a cobertura da posse. Como o espaço físico era pequeno para acomodar tanta gente, ficou acertado que o jornalista escolheria o setor que gostaria de trabalhar e que não teria acesso a outros setores do Palácio.
Justamente em função disso, e para evitar contratempos, que várias empresas credenciaram mais de um profissional.
Mônica Bérgamo é a mesma que negociou com o advogado de João de Deus a preferência na cobertura da prisão do médium em Abadiânia de Goiás. Diga-se de passagem um desrespeitando com os demais colegas de profissão.
Quanto à frase “um dia de cão”, usada pela jornalista, ela cairia bem ao trabalhador, que madruga para pegar um “buzu”, levando dentro da sacola sua quentinha diária. Por que a jornalista não providenciou também seu lanchinho? Se tivesse levado pãozinho com mortadela não teria passado fome e tantos constrangimentos.

O resto é mimimi.

Além disso, verifique

Vigarice cartelista dos frigoríficos. Uma vergonha!

O competente jornalista Luiz Armando Costa, em sua coluna Ponto Cartesiano, foi preciso ao analisar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *